Nazaré, terra de ondas gigantes: de D. Fuas Roupinho a Garret Mc Namara

A história da Imagem da Nossa Senhora da Nazaré, a lenda da Nazaré e o milagre que salvou D. Fuas Roupinho, passando pelo surf dos anos do “peace and love” até às ondas gigantes do canhão da Nazaré e o record da maior onda surfada do mundo. Tudo se conta com imagens e videos empolgantes.

D. Fuas Roupinho não surfava ondas gigantes, mas é uma notável figura da Nazaré.

Dom Fuas, foi um dos fiéis companheiros de D. Afonso Henriques, possivelmente um dos  Cavaleiros da Ordem dos Templários, que viria a ser extinta em 1312.

Foi o primeiro Almirante da Armada Portuguesa e ficou para a História por ter estado envolvido num célebre acontecimento, em tempos idos, registado como a “Lenda da Nazaré”.

Reza a “Lenda da Nazaré” que, ao raiar do dia 14 de setembro de 1182, D. Fuas Roupinho, Alcaide do Castelo de Porto de Mós, fazia a sua caçada perto da orla marítima. Nessa manhã, o nevoeiro era denso e no afã da perseguição a um veado, D. Fuas não se terá apercebido da proximidade da falésia, que tão bem conhecia.

Sítio da Nazaré, A Falésia, DGPC/SIPA foto 00915232, Paula Noé, 2012.
Sítio da Nazaré, A Falésia, DGPC/SIPA foto 00915232, Paula Noé, 2012.

E, quando deu conta que estava à beira do abismo, perto da gruta onde se venerava a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, sentiu a sua hora chegar e, in extremis, gritou:

“Senhora, Valei-me!”

Continue reading “Nazaré, terra de ondas gigantes: de D. Fuas Roupinho a Garret Mc Namara”

PRÉMIOS NOBEL, MEDALHA FIELDS E PRÉMIO ABEL – tributos ao conhecimento científico

Os Prémios Nobel e a existência de tanta diversidade de prémios, em particular para a área da Matemática, justifica-se pois é uma ferramenta transversal em muitas áreas do conhecimento científico. Todos estes prémios são, na verdade, uma consequência e a prova de que a Matemática se continua a desenvolver intensamente.

Prémio Nobel.

Prémio Nobel; A medalha: a frente mostra a efígie de Alfred Nobel com as datas de nascimento e morte; o verso é específico para cada área em que é atribuída.
A medalha: a frente mostra a efígie de Alfred Nobel com as datas de nascimento e morte; o verso é específico para cada área em que é atribuída.

Os Prémios Nobel foram criados pelo químico, inventor e industrial sueco Alfred Nobel (1833-1896), através do seu testamento redigido em 1895, para reconhecimento dos progressos científicos e culturais que proporcionem serviços relevantes para a Humanidade nas áreas de Física, Química, Medicina, Literatura e Paz.

Os prémios Nobel foram atribuídos pela primeira vez em 1901 e consistem na atribuição de uma medalha de ouro, um diploma e um valor pecuniário que actualmente é da ordem de 1,2 milhões de dólares.

Os prémios Nobel da Física e da Química são atribuídos pela Academia Real das Ciências da Suécia, de Estocolmo; o de Medicina é da responsabilidade do Instituto Karolinska, de Solna, nos arredores de Estocolmo; o de Literatura é decidido pela Academia Sueca, de Estocolmo e o da Paz, que não é entregue por uma organização sueca, é determinado pelo Comité Nobel Norueguês, de Oslo.

Como se verifica, o testamento de Alfred Nobel não faz qualquer referência a um prémio Nobel de Economia.

O denominado ´Prémio Nobel de Economia’ não é de facto um Prémio Nobel; o equívoco surge devido à designação oficial do referido prémio: ‘Prémio do Banco da Suécia para as Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel’; é esta referência ‘à Memória de Alfred Nobel’ a responsável pelo equívoco. Este prémio foi atribuído pela primeira vez em 1969 e é da responsabilidade do Banco Central da Suécia.

Acresce a curiosidade de também não existir, no testamento de Alfred Nobel, qualquer referência a um Prémio Nobel de Matemática.

Continue reading “PRÉMIOS NOBEL, MEDALHA FIELDS E PRÉMIO ABEL – tributos ao conhecimento científico”

Coma bem em Lisboa, no Restaurante Duque

A antiga “Taberna Pomba do Carmo” agora em forma de Taberna 4.0, já de acordo com a nova revolução na tasquinhação.
Comida caseira e vários petiscos.
Boa comida e ambiente super simpático.
A não perder.

Queremos partilhar consigo mais uma excelente experiência gastronómica, depois do peixe fresco em Viana do Castelo, agora no Restaurante Duque, em Lisboa. Boa comida portuguesa.

A ideia: encontrar um local onde se comesse bem, comida caseira simples e pudesse estar, entre amigos, numa noite fria de inverno, ali por perto das Escadinhas do Duque, do Largo do Carmo ou do Largo da Trindade.

Lá fomos à procura, não sem antes dar uma voltinha para revisitar uma zona histórica de Lisboa com muita tradição, agora renovada e cheia de vida.

A ver o Largo do Carmo e a encontrar onde comer
A ver o Largo do Carmo e a encontrar onde comer
Onde comer, no Largo da Trindade
Onde comer, no Largo da Trindade

Encontrámos o Restaurante Duque, uma antiga taberna, a “Pomba do Carmo”, agora vestida ao jeito dos novos tempos, mas à boa maneira portuguesa e modo alfacinha avivado.

Continue reading “Coma bem em Lisboa, no Restaurante Duque”

Passeio de barco no Douro, uma das mais belas paisagens de Portugal

Na escolha de locais para visitar esta é uma das viagens a fazer, para apreciar um dos lugares mais bonitos de Portugal.
A não perder!
O rio Douro e a sua paisagem, de uma beleza natural e moldada pela mão humana, é imperdível em Portugal.

Nos nossos passeios em Portugal, esta foi uma viagem muito agradável uma viagem pelo rio Douro, um dos lugares mais bonitos de Portugal, acompanhados por gente simpática de diversas nacionalidades. Nós fomos e adorámos!

O passeio de barco pelo Douro, começou no Cais da Ribeira, pela manhã, bem cedo.

Preparados para o Passeio de barco no Douro, no Cais da Ribeira
Preparados para o Passeio de barco no Douro, no Cais da Ribeira

Daqui a pouco começamos o passeio de barco pelo Douro.

O rio Douro é um dos maiores rios da Península Ibérica e o maior rio que atravessa Portugal. Nasce em Espanha, na serra de Urbião, desaguando entre as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia.

Vista do Porto, um dos locais para visitar
Vista do Porto, um dos locais para visitar

O Porto parece emergir do rio Douro.

Continue reading “Passeio de barco no Douro, uma das mais belas paisagens de Portugal”

Descobrir Portugal – Biblioteca do Palácio de Mafra

Dos locais a visitar, escolhemos a visita noturna à Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra e conhecer a sua história.
Conhecer os nossos “amigos” morcegos que por aqui vivem e ajudam a cuidar de tão grandioso espólio.
Um belo passeio pelo património, imperdível em Portugal.

Para enriquecer a nossa agenda de locais a visitar e para descobrir Portugal, depois da nossa visita ao Palácio Conde de Óbidos vamos continuar a descobrir Portugal, na Biblioteca do Convento de Mafra.

Numa noite estrelada de Verão fomos visitar a Biblioteca de Mafra. Um dos locais a visitar, tal como o Palácio da Ajuda.

Parece estranho?

A ideia desta visita noturna, para além de querer conhecer a tão bela Biblioteca de Mafra e a sua história, pretendia também proporcionar um encontro com os nossos “amigos” morcegos que, ao longo de todo este tempo, têm zelado pela saúde dos livros e ajudado a cuidar de tão grandioso espólio.

Entramos no Palácio de Mafra e, passada a primeira sala, eis que

Salão Grande do Rei
Salão Grande do Rei

no corredor imediatamente a seguir somos surpreendidos por diligentes senhoras que faziam a limpeza do Palácio de Mafra.

Continue reading “Descobrir Portugal – Biblioteca do Palácio de Mafra”