Negociação Compra de Casa e como negociar bem.

Negociação na compra de uma casa: tudo o que precisa de saber

A melhor forma de negociar a compra de um imóvel começa no planeamento dessa transação. Além da análise ao mercado e da capacidade financeira para fazer a compra, é fundamental ter uma boa capacidade de negociação com o vendedor. Vejamos como negociar bem e poder ter sucesso.

Tempo de leitura estimado: 4 minutes

Escolha da Casa para Habitação

Quando se pretende comprar uma casa percebe-se que no mercado imobiliário existe uma grande variedade de imóveis, e os preços não variam, apenas, dependendo do tipo de imóvel e da localização, mas também da capacidade de negociação, tendo em conta o valor que se tem disponível para pagar ou a capacidade financeira que se tem para o fazer.

Para muitas pessoas a compra de uma casa para habitação é quase um objetivo de vida, mas há dificuldades que é necessário ultrapassar, nomeadamente a escassez de oferta na zona pretendida, o que faz com que os preços aumentem ou a dificuldade de poupar para a entrada inicial, quando o negócio ficar acordado.

Por outro lado, negociar nem sempre é fácil ou natural para todos, mas se conseguir seguir estes passos, poderá ver facilitado o processo de negociação do valor do imóvel.

É importante saber como se pode negociar bem.

Preparação da Compra da Casa

É necessário fazer uma análise ao mercado na região em que se pretende comprar o imóvel para apurar os preços por metro quadrado que existem nessa zona.

Texto indicando PUBLICIDADE

Avalie como o mercado está nesse momento, se em baixa ou em alta e pesquise quais são os melhores momentos para comprar um imóvel. Será melhor no inverno ou no verão?

Prepare-se, também, para visitar diversos imóveis ponderando as qualidades e o custo-benefício intrínseco de morar em cada bairro ou zona alternativa da escolha.

Táticas Negociação e como negociar bem Compra Imóvel
Táticas de negociação para compra de imóvel

Estabelecer o valor máximo que não deve ultrapassar

Uma parte da boa estratégia é estar preparado para se afastar da mesa de negociações quando o negócio não é o ideal para si.

Um ponto, ainda mais importante, é estabelecer qual é o valor que não pode ser ultrapassado.

Uma dica interessante é partilhar com amigos e familiares qual será o máximo que pretende gastar.

Desta forma, por receio de os dececionar, este torna-se um bom mecanismo para o impedir de se deixar levar pelas emoções da negociação e de se desviar dos seus resultados, cedendo a um valor mais alto do que o desejado.

Visitar o imóvel para preparar a negociação

Texto indicando PUBLICIDADE

Parece um passo óbvio e muitas pessoas visitam o imóvel de forma muito displicente, ou seja, estão tão animados e fascinados com a oportunidade de adquirir um novo lar que não prestam atenção aos detalhes.

Visitar a casa e analisar os detalhes, definindo aspetos que possibilitem diminuir o valor final, seja por melhorias que precisem de ser implementadas ou, até mesmo, por reparações e acabamentos.

Conhecer o vendedor e os “fatores invisíveis”

Um vendedor pode ser motivado a vender porque tem um parente doente fora da área, uma transferência do local de trabalho, de um novo filho ou algum outro fator.

Em algum destes casos, por exemplo, para o vendedor uma conclusão mais rápida do negócio talvez seja mais importante do que obter mais dinheiro.

Para descobrir estes fatores invisíveis, um negociador habilidoso faz muitas perguntas abertas, fazendo com que a outra parte se sinta confortável para responder.

Lembre-se que as negociações estão a acontecer independentemente de as partes estarem a concretizar pontos do acordo ou apenas a conversar para criar uma relação de maior confiança.

Entender os possíveis motivos pessoais por detrás da transação faz com que a negociação não só seja mais amigável, como também muito mais fácil para ambas as partes (quem sabe até mais barato!).

Mas não se deixe levar naquela onda de “xico-espertice” que vai tentar “enganar” o vendedor e fazer o maior negócio do século.

Um negócio para ser bom, deve ser bom para ambas as partes e, assim, ficarão ambos satisfeitos com a finalização do negócio e poderem relacionar-se para além dele.

Apoio técnico e à negociação

Além disso, é aconselhável ter a ajuda de um corretor imobiliário que seja confiável e experiente, para o orientar em todos os aspetos legais e técnicos da transação.

Um bom consultor deve ter experiência de negociação e poderá ser uma ajuda em como negociar bem, para levar a “água ao seu moinho”.

Veja Também

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Política de Privacidade          Termos e Condições

Scroll to Top