Gestão de Recursos Humanos

Gestão de Recursos Humanos do Negócio

Continuando a aperfeiçoar o nosso plano de negócios, vamos analisar com mais detalhe a política de gestão de recursos humanos. Que estratégias e ações devemos empreender para motivar a equipa? Que condições salariais devemos oferecer? A rentabilidade do negócio permite-nos ir além da concorrência? São estas as questões que iremos abordar no sentido de definir um plano de recursos humanos.

Tempo estimado de leitura: 4 minutes

Política de Gestão de Recursos Humanos

O plano de negócios quantifica as ideias e estratégias delineadas para produtos e serviços, bem como o que pretendemos para os recursos humanos e demais áreas do negócio.

Assim, com todas as receitas e custos já calculados, é hora de repensar a gestão de recursos humanos.

Há questões importantes a ter em conta para que a motivação no trabalho seja um fator positivo na construção do negócio.

Estabelecer relações de confiança, ter uma atitude positiva em relação aos problemas e transformá-los em oportunidades de melhoria, são exemplos de uma boa gestão e liderança. Estes aspetos não podem ser quantificados mas são parte do caminho para o sucesso.

A componente salarial é um fator muito importante no plano de recursos humanos, embora não seja o único a ter em conta para manter uma equipa motivada.

Se queremos atrair bons colaboradores e mantê-los, deveremos estar em linha com o que de melhor se pratica no mercado.

Texto indicando PUBLICIDADE

Plano de Recursos Humanos

Admitimos ter quatro colaboradores e um gerente com salários mensais de 600€ e 750€, respetivamente.

Este valor de 600€, será o valor médio do salário entre os colaboradores na cozinha e os que estão em contacto com o cliente.

Os encargos com pessoal ficam assim estruturados:

Planeamento de Recursos Humanos

Com estes pressupostos a Demonstração de Resultados evidencia que o negócio é positivo.

Será que podemos considerar um valor diferente e mais elevado na remuneração dos nossos colaboradores?

Vamos simular quais os resultados para um valor médio de 700€ para os colaboradores e 800€ para a gerência.

O novo plano de recursos humanos passa a ser o seguinte:

Texto indicando PUBLICIDADE
Nova Política de Gestão de Recursos Humanos

Os encargos de pessoal no primeiro ano são de 29.308€ e nos anos seguintes, com o projeto em velocidade de cruzeiro, situam-se entre os 63.375€ e os 66.489€.

Impacto desta Política de Gestão de Recursos Humanos na Demonstração de Resultados

Mantendo todos os outros custos, chegamos ao seguinte resultado:

Demonstração de Resultados

Um resultado líquido positivo a partir do segundo ano, tal como na versão anterior, embora com valores inferiores.

Análise Financeira

Com este aumento dos encargos com os recursos humanos, aumenta também um pouco o valor do fundo de maneio que precisamos.

Para calcular o cash flow, deduz-se a amortização em cada ano, do respetivo resultado líquido. No 1ª ano, ao resultado liquido retira-se o valor do fundo de maneio.

Em resumo, o cash flow é agora o seguinte:

Cash Flows com novo Plano de Recursos Humanos

A taxa interna de rentabilidade (TIR) é de 21% quando era de 54%.

Aceitamos esta diminuição de rentabilidade para favorecer os nossos recursos humanos? Podemos manter a rentabilidade, aumentando as receitas? Temos folga nos custos? Será que os podemos reduzir?

São as questões que deveremos discutir para avançar com o plano do nosso negócio.

Veja Também


How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Política de Privacidade          Termos e Condições

Scroll to Top