Gestão de Recursos Humanos do Negócio

Gestão de Recursos Humanos

Continuando a aperfeiçoar o nosso plano de negócios, vamos analisar com mais detalhe a política de gestão de recursos humanos. Que estratégias e ações devemos empreender para motivar a equipa? Que condições salariais devemos oferecer? A rentabilidade do negócio permite-nos ir além da concorrência? São estas as questões que iremos abordar no sentido de definir um plano de recursos humanos.

Política de Gestão de Recursos Humanos

O plano de negócios quantifica as ideias e estratégias delineadas para produtos e serviços, bem como o que pretendemos para os recursos humanos e demais áreas do negócio.

Assim, com todas as receitas e custos já calculados, é hora de repensar a gestão de recursos humanos.

Há questões importantes a ter em conta para que a motivação no trabalho seja um fator positivo na construção do negócio.

Estabelecer relações de confiança, ter uma atitude positiva em relação aos problemas e transformá-los em oportunidades de melhoria, são exemplos de uma boa gestão e liderança. Estes aspetos não podem ser quantificados mas são parte do caminho para o sucesso.

A componente salarial é um fator muito importante no plano de recursos humanos, embora não seja o único a ter em conta para manter uma equipa motivada.

Se queremos atrair bons colaboradores e mantê-los, deveremos estar em linha com o que de melhor se pratica no mercado.

Plano de Recursos Humanos

Admitimos ter quatro colaboradores e um gerente com salários mensais de 600€ e 750€, respetivamente.

Este valor de 600€, será o valor médio do salário entre os colaboradores na cozinha e os que estão em contacto com o cliente.

Os encargos com pessoal ficam assim estruturados:

Planeamento de Recursos Humanos

Com estes pressupostos a Demonstração de Resultados evidencia que o negócio é positivo.

Será que podemos considerar um valor diferente e mais elevado na remuneração dos nossos colaboradores?

Vamos simular quais os resultados para um valor médio de 700€ para os colaboradores e 800€ para a gerência.

O novo plano de recursos humanos passa a ser o seguinte:

Nova Política de Gestão de Recursos Humanos

Os encargos de pessoal no primeiro ano são de 29.308€ e nos anos seguintes, com o projeto em velocidade de cruzeiro, situam-se entre os 63.375€ e os 66.489€.

Impacto desta Política de Gestão de Recursos Humanos na Demonstração de Resultados

Mantendo todos os outros custos, chegamos ao seguinte resultado:

Demonstração de Resultados

Um resultado líquido positivo a partir do segundo ano, tal como na versão anterior, embora com valores inferiores.

Análise Financeira

Com este aumento dos encargos com os recursos humanos, aumenta também um pouco o valor do fundo de maneio que precisamos.

Para calcular o cash flow, deduz-se a amortização em cada ano, do respetivo resultado líquido. No 1ª ano, ao resultado liquido retira-se o valor do fundo de maneio.

Em resumo, o cash flow é agora o seguinte:

Cash Flows com novo Plano de Recursos Humanos

A taxa interna de rentabilidade (TIR) é de 21% quando era de 54%.

Aceitamos esta diminuição de rentabilidade para favorecer os nossos recursos humanos? Podemos manter a rentabilidade, aumentando as receitas? Temos folga nos custos? Será que os podemos reduzir?

São as questões que deveremos discutir para avançar com o plano do nosso negócio.


De 1 a 5 estrelas, como avalia este artigo?

Clique numa das estrelas para o avaliar!

Gostariamos que o artigo tivesse sido do seu inteiro agrado.

Ajude-nos a melhorar!

Ficaremos muito gratos se nos der o seu contributo.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

close

Junte-se a nós!
Seja feliz!

Visite a Página Facebook
Receba Newsletter por Email
Veja o nosso canal Youtube
Siga-nos no Twitter
Visite o Instagram