Autonomia Financeira da empresa, o que é e como se calcula

Autonomia Financeira da empresa, o que é e como se calcula

Os “analistas financeiros” têm indicadores que permitem perceber a saúde financeira da sua empresa. Vejamos um desses indicadores, o Rácio da Autonomia Financeira (AUF), que pode ser útil na análise da viabilidade de um projeto empreendedor ou da situação em que a empresa se encontra, caso já esteja em funcionamento.

Tempo estimado de leitura: 3 minutes

Autonomia Financeira (AUF) o que é

O indicador de Autonomia Financeira revela a medida em que  o ativo total é suportado ou financiado pelos capitais próprios da empresa (Cp´) ou seja, em que percentagem os capitais financiam o ativo.

O capital próprio da empresa é o somatório do capital social e dos resultados líquidos, quer do período em análise, quer os que anteriormente foram colocados como reservas ou resultados transitados.

Este rácio mostra-nos a comparticipação dos sócios no montante do investimento feito na empresa.

Quadro de Origens e Aplicações de Fundos
Quadro de Origens e Aplicações de Fundos

Como se Calcula a Autonomia Financeira – AUF

Vamos exemplificar com um caso em que os Capitais Próprios são 34.000€.

Tabela com exemplo de balanço simples.
RubricasValorDestinoBalanço
Disponibilidades 5 000 €AplicaçõesAtivo
Créditos C/ Prazo 10 000 €AplicaçõesAtivo
Existências 15 000 €AplicaçõesAtivo
Imobilizado Líquido (IL) 40 000 €AplicaçõesAtivo
Débitos C/ Prazo 11 000 €OrigensPassivo
Débitos M/L Prazo 25 000 €OrigensPassivo
Capital Próprio (Cp´) 34 000 €OrigensSituação Líquida

O Ativo Total ou Capital Empregue é a soma de todas as origens do capital, seja o próprio, seja o que tem origem em débitos que ainda terão de ser pagos. Essa soma, neste exemplo, é de 11.000€+25.000€+34.000€=70.000€.

Assim,

AUF = Capitais Próprios (Cp´) / Ativo Total (Capital Empregue) = 34.000/70.000= 0,56

Como Se Pode Interpretar

Um valor baixo indica uma grande dependência da empresa em relação aos credores e torna difícil a negociação de novos financiamentos.

Ao invés, quanto maior a Autonomia Financeira, maior será a solidez e a independência da empresa de capitais alheios ou programas de apoio.

Vamos admitir que a empresa tem de aumentar o seu endividamento, recorrendo a um empréstimo bancário. A Autonomia Financeira diminui porque aumenta o ativo total e o capital próprio se mantém. É a vertente do passivo e neste caso o empréstimo que aumenta.

No entanto, quando a empresa acumula resultados positivos a situação líquida, ou seja, o capital próprio melhora, aumentando a autonomia financeira.

Alguns autores referem que este indicador ou rácio deve ser entre 0,30 e 0,60, isto é 30% a 60%.

Partindo da situação em que se encontra, deveremos simular cenários de desaceleração do negócio e verificar o impacto que terá nos vários valores e indicadores referidos.

Para fazer face a eventuais necessidades de tesouraria, ter-se-á, provavelmente, de pedir um empréstimo ou candidatar a algum tipo de apoio que possa existir.

Este indicador é um dos que as instituições de crédito valorizam na sua análise.

De facto, quanto maior o valor da Autonomia Financeira maior é a probabilidade da empresa poder fazer face às suas responsabilidades, em particular em caso de liquidação.

Em todo o caso, conhecer estes valores e os indicadores de desempenho ajudarão nas opções a tomar.

Como Podemos Comparar com a Concorrência

Por vezes é importante compararmos os nossos resultados, sejam eles ainda previsionais sejam reais, com os da concorrência.

Por exemplo, na fase em que estamos a planear um projeto empreendedor é importante perceber como a concorrência opera no nosso mercado.

Para saber o Rácio da Autonomia Financeira de um concorrente ou de um parceiro de negócio podemos obter relatórios de empresas através do Portal Governamental e, também, existem empresas especializadas onde podemos obter informação das empresas para podermos comparar.

Veja também

De 1 a 5 estrelas, como avalia este artigo?

5 estrelas para a maior pontuação! Obrigado.

Como achou este artigo interessante...

Partilhe-o na sua rede social favorita!

Gostariamos que o artigo tivesse sido do seu inteiro agrado.

Ajude-nos a melhorar!

Ficaremos muito gratos se nos der o seu contributo para o tornar melhor.

Junte-se a nós

Gosta das questões e dicas que abordamos?

Receba as novidades diretamente na sua mailbox.

Subscreva a nossa newsletter

Pode cancelar a subscrição em qualquer momento.

E se quiser voltar, ficaremos muito gratos!

logo Passaro no Ombro 250 x 143

Leave a Comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Política de Privacidade          Termos e Condições

Junte-se a nós!

Registe-se e não perca as novidades do seu blog

Receba a newsleter semanal no seu e-mail

Scroll to Top