Linkedin Portugal, Exemplo perfil profissional pessoal, Palavras-chave Linkedin

Otimizando o Seu Perfil Profissional no Linkedin em Portugal

Para que o Perfil no Linkedin em Portugal possa ser atrativo para a procura de emprego, para além da apresentação de um bom curriculum, deve colocar-se uma imagem de fundo que se adeque às características da pessoa. Além disso, para que o perfil apareça nas primeiras posições quando algum recrutador procurar por um perfil profissional e pessoal similar, é necessário utilizar palavras-chave adequadas na construção do perfil no Linkedin, como veremos em exemplo.

Tempo de leitura: 10 minutes

Imagens para o fundo (ou capa) do seu perfil do Linkedin

É importante dar algum destaque ao perfil utilizando uma imagem que seja complementar ao descritivo do percurso profissional e pessoal como o exemplo.

A imagem deverá ter uma dimensão tão próxima quanto possível de 1584 x 396 pixels.

Para exemplificar seguem-se algumas imagens ajustadas à dimensão da capa do perfil, com recurso a várias plataformas de design e que têm versões gratuitas.

Para utilizar este tipo de imagens pode ver com mais detalhe no artigo como pode ter um bom Curriculum.

Palavras-chave utilizadas no perfil do Linkedin em Portugal

Texto indicando PUBLICIDADE

Tem de escrever um Curriculum que seja verdadeiro e que dê a conhecer as suas competências técnicas e pessoais. Embora difícil de fazer, pode inspirar-se lendo alguns  Curricula.

Estando os Curricula acessíveis na Internet, em particular na plataforma Linkedin, uma das vantagens para quem pretende recrutar ou encontrar um parceiro para o seu negócio é poder fazer pesquisas para encontrar o perfil do profissional que procura, tal como as pesquisas que se fazem com os motores de busca (Google ou Microsoft, entre outros) para encontrar produtos ou serviços.

Assim, na elaboração do Curriculum, algumas palavras ou frases que melhor descrevam o seu perfil profissional e que coincidam com as utilizadas nas pesquisas para a procura e recrutamento de profissionais, devem ser utilizadas no seu perfil do Linkedin, por forma a que esteja entre os que aparecem primeiro nos resultados de pesquisa, dando-lhe vantagem.

Neste caso a procura é feita dentro da plataforma Linkedin, para encontrar profissionais com determinadas características.

Tal como nas pesquisas Google há resultados que aparecem logo na primeira página.

É essa otimização de “palavras-chave” no Linkedin e em Portugal que aqui abordamos.

Então como melhorar o perfil do Linkedin em Portugal?

Vamos dar um exemplo. Pretendemos encontrar um criativo para ajudar no blogue Pássaro no Ombro.

Que palavras-chave Linkedin deveremos usar? Queremos um Designer!

Texto indicando PUBLICIDADE

Vamos procurar então por um Designer, no Linkedin:

Fig 1 Pesquisar por Designer
Fig 1 Pesquisar por Designer

Aparecem 10.600.000 resultados.

Bom, este resultado vai dar muito trabalho a analisar.

Vamos reformular o objetivo porque o que queremos de facto é um web designer e vamos pesquisar usando estas palavras, entre muitas outras no Linkedin em Portugal, que poderíamos usar.

Fig 2 Pesquisa por Web Designer no Linkedin em Portugal
Fig 2 Pesquisa por Web Designer no Linkedin em Portugal

Neste exemplo “Web Designer” aparecem 1.140.000 resultados. Um resultado bastante menor que o resultado da procura por designer, mas ainda assim mais de 1 milhão de resultados. De facto, um web designer é uma especialidade dentro dos designers e por isso existirão menos.

No ponto de vista dos recrutadores que procuram profissionais para determinada função, há que usar frases (palavras-chave) no Linkedin mais completas que definam bem as características do profissional.

No ponto de vista de quem está a divulgar o seu Perfil, o importante é não usar termos muitos genéricos para reduzir a oferta e a concorrência. Pelo contrário, pense no que o diferencia para se destacar da concorrência. Se o perfil for um exemplo único de perfil profissional e pessoal, então no resultado da pesquisa aparecerá sozinho, sem concorrência!

Escolher as palavras-chave adequadas

Além de ser Designer, sabe fazer páginas web. Poderá continuar a usar a palavra Designer, mas Web Designer certamente que o diferenciará, como vimos no exemplo anterior.

Repare, no entanto, que se escrever “Webdesigner” numa só palavra e admitindo que está bem escrito, vão aparecer 85.000 webdesigners nos resultados de pesquisa.

Já “Web Designer” são de facto duas palavras e no resultado da pesquisa no Linkedin o perfil tanto aparecerá na pesquisa por “Web Designer” como em “Designer”.

Claro que “Web” também seria neste caso uma palavra-chave, só que provavelmente ninguém procuraria por um profissional “Web” ou teria 26.400.000 resultados, onde estariam os “web designers”, os “web consultant”, “web developers”, “consultores web”, “web operations”, etc.

Vimos assim, como aparecem os resultados de uma forma global.

Aparecer em primeiro lugar nos resultados de pesquisa

Vejamos agora, uma forma de melhorar o perfil do Linkedin em Portugal, para que ele possa aparecer mais próximo do início dos resultados de pesquisa.

É uma questão de posicionamento das palavras-chave, neste caso da palavra “web designer” (webdesigner ou web-designer).

Para melhorar o Perfil do Linkedin tem várias componentes que deve considerar.

Começa pela Introdução ao Perfil, onde se coloca o título (“headline”), o cargo atual e o resumo da experiência. Só depois desta informação vem o curriculum completo, com as empresas onde trabalha ou trabalhou e as funções que desempenhou, bem como os resultados que atingiu.

O resumo, que não pode exceder 240 palavras, devendo incluir as palavras e frases chave que considere relevantes para pesquisa.

Mas a “Headline-“, que só pode ter 15 palavras, são as palavras-chave Linkedin, pois este é o local privilegiado e que dará mais valor para o resultado de pesquisa. Coloque aqui as palavras que considere mais relevantes, desenvolva com mais detalhe no sumário e complemente na descrição completa do Curriculum.

Podemos considerar que as palavras-chave Linkedin são duas ou três palavras que, por si só, definem bem o que se pretende e ajudam a obter o resultado correto nas pesquisas online. Antes isso também era importante, não por causa dos motores de busca, mas para identificar os pontos fortes de cada candidato. Quais são as suas competências técnicas, qual a experiência que adquiriu para as obter e, sobretudo, as competências pessoais, hoje referidas como as “soft skills”. Nada mais do que o seu perfil profissional, um exemplo único.

Há empresas que pretendem ter pessoas criativas, ou que tenham uma grande capacidade de comunicação, de liderança, de negociação, ou capacidade de trabalho em equipa, entre outras.

Assim, se tivermos algumas competências técnicas e pessoais que importam referir, devem ser mencionadas no Curriculum e, em particular, nestes perfis que estão acessíveis na Internet.

Não esquecer que quem procura pode fazer consultas usando lógica booleana e usando aspas para pesquisar um termo exato.

O seu perfil profissional agradece! Uma forma de melhorar o perfil do Linkedin!

Outro exemplo de Procura de Emprego em Portugal com o Linkedin

Vamos procurar por alguém que tenha estas competências em simultâneo: “Web designer” AND “Freelancer” AND “SEO”.

Fig 3 Procurar exemplo de perfil profissional e pessoal com palavras-chave “Web Designer” e “Frelancer” e “SEO”
Fig 3 Procurar exemplo de perfil profissional e pessoal com palavras-chave “Web Designer” e “Frelancer” e “SEO”

Neste caso aparecem 8.800 resultados.

Outro exemplo, usando um Perfil no Linkedin (do autor)

Este perfil no Linkedin apareceu em 55 resultados de pesquisa, informação que aparece no “Dashboard”, o Painel de Controlo privado.

Veja quantos resultados de pesquisa tem o seu Perfil do Linkedin em Portugal.

Se apareceu mais vezes tanto melhor, se apareceu menos, as suas descrições não estão, provavelmente, ajustadas à realidade em constante transformação digital.

Ajuste melhor o seu perfil profissional e pessoal com o exemplo.

Fig 4 Dashboard, o Painel de Controlo com exemplo de perfil profissional e pessoal no Linkedin em Portugal
Fig 4 Dashboard, o Painel de Controlo com exemplo de perfil profissional e pessoal no Linkedin em Portugal

Como posso saber quem procurou por este tipo de perfil?

Basta clicar no botão dos resultados de pesquisa, para ver que tipo de pessoas obtiveram este perfil nos seus resultados.

Fig 5 Palavras-chave encontradas no Linkedin neste exemplo de perfil profissional
Fig 5 Palavras-chave encontradas no Linkedin neste exemplo de perfil profissional

Ou quem foram as empresas que procuraram um perfil similar a este.

Fig 6 Empresas que procuraram perfil profissional similar ao exemplo
Fig 6 Empresas que procuraram perfil profissional similar ao exemplo

E quem foram as pessoas que ao procurar, encontraram este Perfil?

Neste caso, basta clicar no botão “Quem viu o seu Perfil” para ver algumas pessoas que o viram.

Fig 7 Quem viu o perfil no Linkedin em Portugal
Fig 7 Quem viu o perfil no Linkedin em Portugal

Analisar se a tendência de procura está a subir ou a descer pode dar indicações, não só, do que o mercado procura, mas também, de ajustamentos que possa fazer no seu perfil profissional e que possam fazer aumentar ou diminuir os resultados de pesquisa.

O Linkedin tem uma versão gratuita que foi a utilizada. No entanto, a versão Premium, que é paga, tem a possibilidade de visualizar toda a informação dos últimos 90 dias.

Se quiser pode ver a explicação “hands-on” no vídeo seguinte e ficar assim com um complemento que o pode ajudar a melhorar o perfil do Linkedin.

Veja Também


How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

2 thoughts on “Otimizando o Seu Perfil Profissional no Linkedin em Portugal”

  1. José Rosmaninho

    Parabéns! Um tema atual sobre uma ferramenta muito potente quando utilizada com profissionalismo. O artigo está simples, bem documentado para o fim em vista, eficaz. Tem também a virtude de obrigar cada um a pensar no seu caso e a ser criativo para fazer a diferença.

  2. Pingback: Como ter um bom Curriculum mais atrativo e melhorar o Perfil no Linkedin -

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Política de Privacidade          Termos e Condições

Scroll to Top