Partilhamos Ideias, Experiências, Desafios, Sabores e Saberes

O que é a gamificação vantagens e desvantagens desta técnica

Gamification gamificação vantagens e desvantagens

A gamificação ou ludificação ou, ainda, “gamification” é a utilização de técnicas associadas a jogos que facilitam a aprendizagem e a melhoria das capacidades das pessoas. Com a utilização das técnicas de jogo (ou “gaming”) nas várias vertentes em que pode ser aplicada, vemos na gamificação vantagens e desvantagens.

Tempo de leitura: 7 minutes

Origem da Gamificação

A gamificação, palavra de origem anglo-saxónica, “gamification”, consiste basicamente, em usar os jogos, como meio para incentivar as pessoas a aumentarem o seu envolvimento e motivação, no sentido de aprender e potenciar conhecimentos e capacidades comportamentais.

Nos jogos há uma vertente ligada ao divertimento. Por isso, ao tornar lúdico o processo de aprendizagem, também se pode chamar a esta técnica de ludificação.

O historiador holandês Johan Huizinga defende que o jogo é uma atividade inata ao homem e aos animais, sendo assim anterior à cultura. É no livro, Homo Ludens, que escreveu em 1938 e publicou em 1944, que estão as origens desta ideia.

O termo “gamification” foi criado em 2002 pelo programador Britânico Nick Pelling.

Gamificação Vantagens e Desvantagens

Vantagens da Gamificação

Durante um jogo podemos observar alguns benefícios desta técnica.

Persistência e Resiliência

No jogo, para conseguir passar à fase seguinte, ultrapassar um objetivo, ganhar pontos, medalhas, posições no ranking, checkpoints, novos desafios ou obter outras formas de reconhecimento e prémio, a capacidade de ser resiliente é determinante.

Ser capaz de não desistir mesmo que a jogada não corra bem.

Manter a calma, repensar estratégias e voltar ao jogo, à “gamification”, para ultrapassar a meta, conquistar níveis e bater recordes.

Estas são, aliás, “soft skills” muito apreciadas pelas empresas quando procuram recrutar colaboradores.

Sentido de Emergência

Muitas vezes cada jogada tem um tempo limitado de resposta ou a rapidez de resposta tem contribuição positiva para a performance. Isso obriga a focar no jogo, definir prioridades e aumentar a produtividade.

Assim, a satisfação por se conseguir fazer as coisas mais rapidamente, ajuda a criar rotinas e métodos pessoais e de grupo para melhorar a produtividade, tão importante para os resultados, quer ao nível da empresa quer individual.

Pensamento Positivo

Acreditar que é possível ultrapassar os obstáculos e não ficar prostrado com resultados negativos.

Delinear novas estratégias ou táticas que levem a chegar ao fim com o máximo de pontos e a um nível melhor do que foi atingido anteriormente.

Esta é a maneira positiva de estar na vida.

Uma forma de pensar em melhoria contínua, como é importante na gestão da qualidade e na melhoria de processos.

Cooperação, Confiança e Respeito Mútuo

Com jogos em que várias pessoas estão envolvidas, constituindo uma equipa, é necessário reforçar a confiança e o respeito entre todos, por forma a que as decisões possam ser focadas num único objetivo que é o sucesso final.

Este resultado pode ser a vitória sobre todos os outros, mas isso só é possível com uma das equipas.

O resultado final, se não for o que se ambiciona, tem de ser encarado como o resultado do trabalho do grupo e de cada um.

Só com o envolvimento de todos se consegue uma equipa coesa, capaz de enfrentar as adversidades e ultrapassar os desafios.

Tornar a derrota numa oportunidade para aprender com os erros e voltar a jogo com vontade redobrada de ganhar.

Não há bela sem senão, a gamificação tem vantagens e desvantagens.

Desvantagens da Gamificação

Há situações em que um ou vários membros da equipa não estejam alinhados no mesmo espírito.

O jogo é uma forma de melhorar capacidades e performances de cada um para que o trabalho do grupo seja otimizado.

Por exemplo, um dos membros não compreende que saber ouvir é muito importante.

Ora, interpretar a opinião do outro e enquadrá-la na sua ideia para conseguir uma estratégia ainda melhor do que a que existia, é a base do sucesso.

É muito característico da personalidade muito centrada nela própria, que pensa ter razão e não vale a pena discutir a ideia. Pode até ter receio de confrontar as suas ideias com a de outros e opta por não permitir a discussão.

Neste contexto, é célebre a frase “nunca me engano e raramente tenho dúvidas” de um antigo político que, ironicamente, duvida que a tenha dito…

É, no entanto, um exemplo do que não deve ser feito.

Nestes casos a gamificação perde utilidade. Os restantes membros do grupo tenderão a não participar nas decisões e deixar que sejam de um só indivíduo.

Para prevenir estas situações é bom que uma empresa que realiza a gamificação, encontre mentores ou coachers que possam ajustar estes comportamentos e torná-los mais úteis para o grupo e, na vida real, para a empresa.

Por outro lado, se forem jogos online, ter sempre o cuidado de utilizar fontes confiáveis. Só dizer “gamification” não é suficiente!

Ambiente Corporativo e Gamification

Nas empresas, a gamificação é utilizada como forma de aumentar o conhecimento dos colaboradores, estimular as suas ações para o trabalho em equipa, desafiar competências e criatividade, incentivar as capacidades de planeamento, de cumprimentos de prazos e objetivos e a capacidade de tomada de decisões que se colocam no âmbito do jogo.

Muitos jogos são em formato virtual dando às pessoas maior envolvimento nestas tecnologias e criando, também, maior vínculo entre a empresa e os colaboradores.

Em termos pessoais a gamificação ajuda a criar espírito de competitividade e de trabalho em equipa.

Gamificação na Educação e Ensino

Através da gamificação é possível transformar rotinas de trabalho e de estudo em tarefas que, sendo mais desafiadoras e competitivas, aumentem os níveis de satisfação e prazer.

A necessidade de competição, inerente ao ser humano, está presente nos jogos. Por outro lado, no final de cada ação há um feedback imediato que nos apresenta o resultado, positivo ou negativo.

A recompensa é mostrada também de forma imediata, seja na forma de prémio, de pontos ou de mudança de nível. Se o resultado for negativo, desafia as competências no sentido de encontrar melhores soluções. No caso do ensino, vai permitir rever o que aprendeu e obter uma melhor compreensão do assunto.

Em determinados momentos do jogo parece que já não é possível, por exemplo, ir mais além. Aqui entra a nossa capacidade de resistência, de não desistir ante a dificuldade.

É preciso um esforço extra que, quando é premiado, gera um sentimento de momento épico, qual Bartolomeu Dias a dobrar o Cabo das Tormentas. Imagine!

Para além do que se faz nas escolas, em casa, em modo de Educação à Distância (EAD) a família pode jogar em conjunto, brincando e, ao mesmo tempo, aprendendo.

Alguns jogos de outros tempos como o Monopólio, Xadrez, Trivial, fazem-se agora também com a ajuda das tecnologias virtuais.

Um dos jogos mais interessantes é o jogo para aprender línguas estrangeiras, providenciado pela plataforma Duolingo, lançada em 2011. Apresenta um pequeno questionário para perceber o nível em que estamos na língua. Depois apresenta uma sequência de questões que nos vai fazendo progredir na aprendizagem.

A Rotina da Vida e a Gamificação

A maioria das vezes, depois de um dia de trabalho, a nossa rotina orienta-se ou para ver a televisão ou ler, cada vez com menor frequência, ficar a ver o telemóvel, o Tic Toc, o Instagram e, por vezes, até se depararem com situações de maior risco, quando a literacia tecnológica ainda é reduzida.

Porque não dedicar uns minutos diários a jogos que utilizem a nossa memória ou façam apelo ao nosso raciocínio ou a acuidade visual e destreza manual!

É como manter a atividade física, indispensável à nossa saúde. A atividade de gamificação mantém as nossas capacidades mentais ativas, para além das que são usadas de forma rotineira no trajeto profissional.

O progresso da atividade na vida real é lento. As recompensas ou são lentas ou, muitas vezes, não chegam a existir. Isso causa uma sensação de frustração que pode levar a quebra de rendimento profissional e instabilidade pessoal.

As técnicas de gamificação ajudam a manter o ego em alta.

É por isso benéfico investir uns momentos diários para atividades de gamificação ou “gamification”.

Atividades na forma de jogos, trazem além de diversão, um sentimento de realização.

Importante para libertar as nossas energias positivas e, em paralelo, aprender e melhorar as nossas capacidades técnicas, culturais e cívicas.

Veja também

Homo Ludens de J. Huizinga

Um estudo do elemento lúdico na cultura.

Publicado na Suiça, em Alemão, em 1944.

A versão em Inglês, foi publicada em Londres em 1949.

Disponível o 1º Capítulo: A natureza e significado lúdico no fenómeno cultural
DOWNLOAD GRÁTIS

Enviar link de download para:

Tomei conhecimento da Privacy Policy. Opte também por receber a nossa newsletter, clicando a caixa abaixo. Obrigado.

Receba a nossa newsletter semanal e gratuita. Em qualquer momento pode cancelar a subscrição. E se quiser voltar, é sempre bem vindo!

De 1 a 5 estrelas, como avalia este artigo?

Clique numa das estrelas para o avaliar!

Como achou este artigo interessante...

Partilhe-o na sua rede social favorita!

Gostariamos que o artigo tivesse sido do seu inteiro agrado.

Ajude-nos a melhorar!

Ficaremos muito gratos se nos der o seu contributo para o tornar melhor.

Junte-se a nós

Gosta das questões e dicas que abordamos?

Receba as novidades diretamente na sua mailbox.

Subscreva o nosso blogue

Pode cancelar a subscrição em qualquer momento.

E se quiser voltar, ficaremos muito gratos!

logo Passaro no Ombro 250 x 143

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

One thought on “O que é a gamificação vantagens e desvantagens desta técnica”

pt Portuguese
X

Subscreve já

Recebe as novidades na tua mailbox.

15585

Antes de Sair

Junte-se a nós!

Não perca as novidades e receba em primeira mão os nossos artigos

Em qualquer momento pode cancelar a subscrição.

Obrigado e volte sempre.

Obrigado pela visita!

Surpreenda-se com a nossa página de Facebook.

Volte sempre

Junte-se a nós!

Registe-se e não perca as novidades

Receba a newsleter semanal no seu e-mail