Fintech em Portugal e o papel dos Engenheiros

Fintechs em Portugal: O Que São e Como Funcionam

As Fintechs em Portugal são empresas que estão a transformar o setor financeiro, com soluções inovadoras e centradas no cliente. Os engenheiros Fintech desempenham um papel importante em todo o processo, sendo a sua formação especializada a chave para se entrar e destacar neste campo dinâmico, em constante evolução.

Fintechs o que são

Fintech é o resultado da fusão das palavras “financeiro” e “tecnologia” e representa uma revolução no setor financeiro, oferecendo serviços mais ágeis, eficientes e personalizados através de plataformas digitais.

Estas startups financeiras têm como objetivo otimizar os serviços financeiros, utilizando tecnologia para reduzir custos e melhorar a experiência do cliente.

As Fintechs são empresas que combinam finanças e tecnologia e estão a transformar o setor financeiro global com soluções inovadoras e disruptivas.

Oferecem uma diversidade de serviços, desde pagamentos e gestão financeira até empréstimos e investimentos, tudo através de plataformas digitais que prometem maior eficiência e conveniência para os utilizadores.

A Forbes listou as 50 principais Fintechs do ano, destacando a inovação e o impacto dessas empresas no setor financeiro. Entre as estreantes na lista encontram-se empresas que oferecem ferramentas de prevenção de fraudes, processamento de pagamentos e soluções de crédito, refletindo a diversidade e a especialização dentro do ecossistema Fintech.

As Fintechs estão, sem dúvida, redefinindo o futuro das finanças, com a sua capacidade de inovar e adaptar-se rapidamente às necessidades dos utilizadores e às mudanças do mercado.

E à medida que o setor continua a evoluir podemos antever avanços tecnológicos e novos modelos de negócios a emergir deste segmento dinâmico e empreendedor e que vão ter impacto nas profissões.

As principais Fintechs em Portugal

Texto indicando PUBLICIDADE

Portugal tem-se destacado no cenário global como um polo de inovação no setor financeiro, especialmente no que diz respeito às Fintechs.

Estas empresas tecnológicas financeiras estão a revolucionar a maneira como interagimos com o dinheiro. Eis algumas das principais Fintechs em Portugal:

Raize

Esta plataforma de financiamento colaborativo que é uma das pioneiras em Portugal, fundada em 2014, oferece uma alternativa de crédito para pequenas e médias empresas (PME). A Raize conecta empresas que precisam de empréstimos com investidores interessados e dispostos a financiar, proporcionando um processo de aprovação rápido e com taxas de juro competitivas.

ActivoBank

Iniciou-se como um banco tradicional em 1994 e reinventou-se em 2010 como um Banco Digital. O ActivoBank oferece hoje uma vasta gama de serviços bancários digitais e com presença em várias cidades portuguesas. Permite ter uma conta sem taxas de manutenção e com cartões de débito e crédito instantâneos, entre outras vantagens que oferece aos seus clientes.

Feedzai

Especializada em combater fraudes nos serviços financeiros e no e-commerce. A Feedzai utiliza inteligência artificial e machine learning para oferecer soluções de segurança de topo. Desde 2008 tem sido uma força motriz na proteção contra atividades fraudulentas.

PPL Crowdfunding

Texto indicando PUBLICIDADE

Esta plataforma de crowdfunding permite que indivíduos e empresas financiem os seus projetos através do apoio coletivo. É uma forma inovadora de conectar criadores e apoiantes, democratizando o acesso ao financiamento.

IfThenPay

A IfThenPay oferece soluções que permitem transações financeiras para empresas de qualquer dimensão, de fácil utilização e boa integração com outros sistemas, com o objetivo de simplificar os pagamentos.

Estas Fintechs são, pois, a ponta do iceberg no ecossistema financeiro tecnológico de Portugal.

Com o apoio de incubadoras e programas de aceleração o país está bem posicionado para continuar a crescer, como um hub de Fintechs na Europa e no Mundo.

Para aqueles que procuram envolver-se com o setor de Fintech em Portugal, seja como consumidor, investidor, empreendedor ou colaborador, há muitas oportunidades e recursos disponíveis.

O futuro das Fintechs em Portugal é promissor, com inovações que continuam a surgir e a transformar o panorama financeiro global.

O panorama das Fintechs em Portugal

Portugal tem emergido com um ambiente propício para Fintechs, com uma variedade de startups inovadoras que vão transformando o setor financeiro.

O ecossistema português de Fintechs é diversificado e dinâmico, abrangendo áreas como crédito, blockchain e criptomoedas, pagamentos e transferências, seguros, gestão de fundos, ciber-segurança e imobiliário.

O Portugal Fintech Report 2023 destaca o apoio contínuo às startups de Fintech e a conexão do ecossistema português com o Mundo. Este relatório é uma fonte valiosa de informações sobre o cenário das Fintechs em Portugal é uma leitura essencial para quem deseja entender melhor este setor.

O programa Fintech365 for Startups da Microsoft é outro exemplo do compromisso com a inovação no setor, selecionando Fintechs para colaborar com a banca portuguesa. Entre as selecionadas nove são portuguesas, demonstrando a força e o potencial do ecossistema nacional.

As Fintechs portuguesas estão, sem dúvida, na vanguarda da inovação financeira, oferecendo soluções que atendem às necessidades dos consumidores modernos e das empresas.

Com o apoio de incubadoras como a UPTEC, que engloba algumas das principais Fintechs do país, Portugal está bem posicionado para continuar a progredir no espaço Fintech europeu e global.

As Tendências Futuras para o Setor de Fintech em Portugal

O setor de Fintech em Portugal está em constante evolução, impulsionado por uma combinação de talento inovador, políticas governamentais de apoio e um ecossistema empreendedor robusto.

À medida que avançamos, várias são as tendências emergentes que estão a moldar o futuro das Fintechs no país.

Aqui estão algumas das tendências mais promissoras:

Autonomia Financeira

A crescente procura de autonomia financeira está a levar as Fintechs a desenvolver soluções que permitem aos utilizadores maior controle sobre as suas finanças pessoais e empresariais. Isso inclui ferramentas de gestão financeira, aplicações de orçamentação e plataformas de investimento autónomo.

Bancos Digitais Exclusivos

Os bancos digitais estão a tornar-se cada vez mais populares, com muitos consumidores preferindo a conveniência e a eficiência dos serviços bancários online. Em Portugal, espera-se que os bancos digitais continuem a crescer, oferecendo uma experiência bancária sem papel e sem filas.

Cibersegurança

Com o aumento das transações online, a cibersegurança tornou-se uma prioridade para as Fintechs. Investimentos significativos estão a ser feitos para garantir que os dados dos clientes sejam protegidos e que as transações seguras, utilizando as tecnologias mais avançadas disponíveis.

Literacia Financeira

As Fintechs estão também a desempenhar um papel crucial na educação financeira, fornecendo recursos e ferramentas que ajudam os consumidores a entender melhor os produtos financeiros e a tomar decisões informadas.

Open Banking

O Open Banking está a transformar o setor financeiro, permitindo que os dados dos clientes sejam compartilhados entre diferentes instituições financeiras de forma segura e controlada. Está, por isso, a abrir novos caminhos para uma maior inovação e personalização dos serviços financeiros.

RegTech (Tecnologia Regulatória)

A RegTech está a emergir como uma área crítica, com as Fintechs a desenvolver soluções para ajudar as instituições financeiras a cumprir a regulamentação, de forma mais eficiente e menos onerosa.

Finanças Integradas

A integração de serviços financeiros noutras plataformas e aplicações é uma tendência, que permite aos clientes acederem aos serviços financeiros de forma conveniente e sem interrupções.

Criptomoedas

As criptomoedas continuam a ganhar tração em Portugal, com mais Fintechs a explorar o uso de blockchain e criptomoedas para oferecer novos tipos de serviços financeiros.

Financiamento Alternativo e Sustentabilidade

Há um interesse crescente em soluções de financiamento alternativas que são ambientalmente sustentáveis, refletindo uma consciência global em direção a práticas de negócios mais verdes.

Apoio Governamental e Regulatório

Portugal tem adotado uma postura progressista em relação às Fintechs, com políticas favoráveis e um quadro regulatório flexível que favoreça a inovação e o crescimento do setor.

Estas tendências fazem prever um futuro promissor para as Fintechs em Portugal.

Com o apoio contínuo do Governo, um ambiente regulatório adaptável e um compromisso com a inovação tecnológica, Portugal está bem posicionado para se tornar um líder no espaço europeu e global.

Fintechs em Portugal; Imagem gerada por IA
Fintechs em Portugal; Imagem gerada por IA

Os Engenheiros Fintech

O papel de um engenheiro Fintech é vital para o desenvolvimento e manutenção destas soluções tecnológicas.

São eles os responsáveis por programar produtos e funcionalidades, utilizando linguagens de programação como Java, Python, C++, HTML e PHP, quer em ambiente smartphone, quer web.

Sendo uma das profissões mais procuradas no futuro, devem possuir capacidades importantes na inovação quer de produto quer na tecnologia, e sempre orientados para as necessidades dos clientes.

Para se tornar um especialista em Fintech é recomendável procurar cursos que ofereçam uma abordagem multidisciplinar, quer em aspetos jurídicos, quer tecnológicos e empresariais.

Há cursos online, como os da Universidade de Chicago, que podem fornecer uma base sólida nos fundamentos financeiros aplicados às Fintechs.

Também, os cursos de pós-graduação, como o oferecido pelo CIDP, são uma excelente opção, pois contam com a participação de especialistas nacionais e internacionais e abordam, em profundidade os temas mais relevantes da tecnologia financeira.

Mercado Fintech em Portugal

Para ingressar no mercado Fintech em Portugal, é essencial ter uma formação que combine conhecimentos financeiros com capacidades tecnológicas.

Há cursos desenhados para cobrir uma gama de tópicos relevantes, como blockchain, inteligência artificial, cibersegurança, regulamentação financeira e inovação digital.

Um exemplo é o do I Curso de Pós-Graduação em Fintech, oferecido pelo CIDP e que aborda temas da tecnologia financeira, contando com a participação de especialistas nacionais e internacionais.

Além da formação académica é importante ter experiência prática no setor financeiro ou tecnológico. Muitas Fintechs valorizam a experiência de trabalho tanto quanto a formação académica, pois isso demonstra a capacidade de aplicar conhecimentos teóricos em situações reais do mercado.

Outro aspecto relevante é a capacidade de inovação e adaptação. O mercado Fintech é dinâmico e está sempre à procura de soluções criativas para os desafios financeiros. Portanto, profissionais que demonstram pensamento crítico, resolução de problemas e capacidades de inovação têm uma vantagem competitiva nessas soft skills.

Para aqueles que já possuem uma base sólida em finanças ou tecnologia, cursos intensivos ou módulos específicos podem ser uma boa alternativa para adquirir conhecimentos complementares em áreas específicas da Fintech que podem incluir estudos sobre criptoativos, métodos de pagamento digitais, entre outros.

Em resumo, para entrar no mercado Fintech em Portugal, é recomendável encontrar uma formação que ofereça uma visão abrangente e atualizada do setor, além de desenvolver capacidades práticas e inovadoras.

A combinação de educação formal, experiência prática e uma mentalidade voltada para a inovação formará a base para uma carreira bem-sucedida no mundo das Fintechs.

Explorando Oportunidades de Emprego no Setor Fintech em Portugal

Com o crescimento contínuo deste setor de atividade, surgem diversas oportunidades de emprego que atraem talentos de diversas áreas.

Aqui estão algumas “dicas” para quem deseja encontrar uma oportunidade neste mercado.

Educação e Formação Contínua

A educação é a base para entrar no setor Fintech. Cursos especializados, como pós-graduações em Fintech, são excelentes pontos de partida. Estes programas oferecem conhecimento aprofundado sobre tecnologias emergentes e práticas financeiras inovadoras. Além disso, a formação contínua através de workshops e seminários pode manter os profissionais atualizados com as últimas tendências e desenvolvimentos.

Plataformas de Emprego Especializadas

Plataformas de emprego online, como o Indeed, são recursos valiosos para encontrar vagas no setor Fintech. Estes sites agregam ofertas de várias empresas e permitem que os candidatos filtrem as buscas por localização, tipo de contrato e especialização, facilitando a identificação de oportunidades que se alinham com as suas capacidades e interesses.

Networking e Eventos do Setor

Participar de eventos de networking e conferências específicas do setor Fintech pode abrir portas para oportunidades de emprego. Esses eventos são ideais para conhecer líderes da indústria, aprender sobre novas startups e estabelecer conexões valiosas. Além disso, muitas vezes, empresas anunciam vagas e procuram talentos durante esses encontros.

Programas de Estágio

Para quem está a começar, os programas de estágio oferecidos por empresas Fintech podem ser uma excelente maneira de ganhar experiência prática. Esses programas são projetados para desenvolver capacidades e oferecer uma visão interna das operações diárias de uma empresa Fintech.

Portais de Recrutamento Especializados

Alguns portais de recrutamento são especializados no setor Fintech e podem oferecer uma gama mais ampla de oportunidades. Também podem fornecer conselhos sobre como se preparar para processos seletivos e como se destacar num mercado competitivo.

Redes Sociais Profissionais

Redes sociais profissionais, como o LinkedIn são ferramentas poderosas para construir uma presença online e poder conectar-se com empresas e recrutadores do setor Fintech. Manter um perfil atualizado e interagir com conteúdo relevante pode aumentar a visibilidade, atraindo a atenção de potenciais empregadores.

Consultoria de Carreira

Serviços de consultoria de carreira podem oferecer orientação personalizada para navegar no mercado Fintech. Podem ajudar na preparação do Curriculum Vitae, simulação de entrevistas de emprego e estratégias de procura de emprego.

Em conclusão, encontrar uma oportunidade de emprego no setor Fintech em Portugal requer uma combinação adequada de formação, utilização de recursos para procura de emprego e um networking eficaz.

Com a abordagem certa os profissionais podem-se posicionar para aproveitar as oportunidades neste campo dinâmico e em constante evolução.

Manter-se informado, conectado e preparado para mergulhar no mundo das Fintechs.

Certificações Relevantes para Profissionais de Fintech em Portugal

A indústria Fintech está a transformar o setor financeiro com a sua inovação e tecnologia de ponta. Para os profissionais que desejam destacar-se neste campo dinâmico, obter certificações relevantes é uma forma eficaz de demonstrar competência e compromisso com a excelência. Em Portugal, existem várias certificações que podem ser particularmente valiosas para quem trabalha ou pretende trabalhar no setor Fintech.

Certificação FinTech Industry Professional (FTIP™)

Uma das certificações mais abrangentes disponíveis é a FinTech Industry Professional (FTIP™), oferecida pelo Corporate Finance Institute. Este programa prepara os profissionais para liderar na era digital, cobrindo fundamentos da tecnologia financeira, criptomoeda, ciência de dados e tecnologias de pagamento. A certificação FTIP™ é reconhecida internacionalmente e pode abrir portas para oportunidades de carreira em funções emergentes dentro do setor Fintech.

Diploma CEFA – Certified European Financial Analyst

Outra certificação de prestígio é o Diploma CEFA – Certified European Financial Analyst. Atribuído após a conclusão com sucesso de programas de pós-graduação em Análise Financeira reconhecidos pela EFFAS, este diploma é gerido em Portugal pela Associação Portuguesa de Analistas Financeiros (APAF). O CEFA é ideal para profissionais que pretendem ter uma compreensão profunda de análise financeira e que desejam aplicar esse conhecimento no contexto das Fintechs.

Certificação CESGA – Certified ESG Analyst

Para aqueles interessados em sustentabilidade e governança, a Certificação CESGA – Certified ESG Analyst é uma excelente escolha. Promovida pela APAF, esta certificação foca em análise de fatores ambientais, sociais e de governança (ESG), que se estão a tornar cada vez mais importantes no mundo financeiro, incluindo o setor Fintech.

Fintech + do Banco de Portugal

Embora não seja propriamente uma certificação, o programa Fintech + do Banco de Portugal oferece um canal de contacto e informação relevante para profissionais que desejam manter-se atualizados com as inovações e regulamentações no setor financeiro. Este recurso pode ser extremamente útil para profissionais de Fintech que procuram entender melhor o ambiente regulatório em Portugal.

Resumindo, as certificações são uma parte crucial do desenvolvimento profissional no setor Fintech, pois não só validam o conhecimento e a experiência dos profissionais, mas também sinalizam para os empregadores um compromisso com a aprendizagem contínua e a adaptação às mudanças rápidas do setor.

Quer procurando aprofundar conhecimentos técnicos com a FTIP™, ou criar mais conhecimento na análise financeira com o CEFA, especializando-se em ESG com o CESGA, ou mantendo-se informado com o Fintech+, há uma larga gama de opções para valorizar a carreira e impulsionar o sucesso neste vibrante mercado Fintech de Portugal.

Veja Também

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

As you found this post useful...

Follow us on social media!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

1 thought on “Fintechs em Portugal: O Que São e Como Funcionam”

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Política de Privacidade          Termos e Condições

Scroll to Top